Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





De T1 para T2 com quintal

por Dona das Chaves, em 16.08.18

Tanto tempo... que nem sei como recomeçar! Tanto tempo que até para escrever ando à procura dos sinais no teclado . Definitivamente tenho de recomeçar a escrever, porque há muito para contar e ando a faltar aos treinos no teclado. O T1 para dois passou a T2 para quatro. Nunca cheguei a habitar o T1. Passou a ser habitado, mas nunca por mim. Eu habito um T2, bem perto do T1, e sem gato, mas com um marido, um filho (dele) e uma cadela. Inicialmente havia mais um cão, mas passou para lá do arco íris há pouco tempo e juntou-se ao gato que também lá está há muito tempo...  A vida no T2 é bem diferente daquela que tinha imaginado viver no T1. Há um quintal, que não havia no outro lado. O espaço é maior, e o número de habitantes também, logo tudo é diferente. Há mais cabeças a pensar, e mais opiniões a circular, mais vontades a terem de ser atendidas, mas também mais pessoas para atenderem ás minhas. Tem de haver reciprocidade. Neste tempo de ausência conheci o meu príncipe sem sair de casa. Não me apareceu à porta de sapato de cristal na mão, que eu não sou perder sapatos, e muito menos uso sapatos que se podem partir e ferir as minhas belas barbatanas, mas caiu-me no prato da sopa, por assim dizer. Meteu-se comigo através do perfil de um amigo comum no Facebook. Uma conversa que não acabou lá muito bem, chamei-lhe uns nomes não muito dignos, que isto de se fazer passar por outro para se meter comigo, não podia ficar em águas calmas. Mas o rapaz foi simpático, tinha bom papo, fora o ter-se feito passar por outro e lá o deixei enviar-me um pedido de amizade. Demorei algum tempo a aceitar só para o castigar, e quando achei que já estava bom o castigo aceitei. Começámos a falar todos os dias via Facebook, depois por telefone, depois pessoalmente. Daí até hoje passaram 3 anos. Mais conto depois, que agora vivo num T2, e tenho de ir alimentar a família. Sim com o T2 veio uma família aumentada, que dá muito mais que fazer que viver sozinha com um gato numa casa de um quarto e uma sala. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Links

Outros apartamentos:

O meu lado bipolar:


Favoritos