Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Baixa, SNS, e pouca paciência para isto...

por Dona das Chaves, em 08.10.18

Estar tanto tempo sem escrever pode dar em duas coisas, ou passa a vontade de o fazer em definitivo, ou são tantas as ideias acumuladas que será difícil saber por onde recomeçar, que é o meu caso. Tenho demasiadas ideias guardadas naquela gaveta a que chamamos memória, que é difícil saber por onde começar. Se bem que a tal gaveta já esteja um pouco overloaded, e já tenha muitas falhas por isso mesmo, portanto, é muito provável que não saia grande coisa daqui deste espaço. Não vou falar do assunto Cristiano Ronaldo, não vou falar das eleições no Brasil. E também não vou dissertar sobre futebol, nem sobre política e nem sobre telenovelas, pelo menos por agora, e sobre telenovelas, nem por agora, nem depois. 

Estou de baixa médica por doença profissional desde Agosto. Constatei que neste país, sofrer de algumas patologias físicas, nada significa para quem faz as leis e para quem gere a saúde e o SNS. Não basta o tempo que se demora para conseguir consulta no médico de família, como os exames médicos necessários, ecografias dos ombros e cotovelos, neste caso, não são comparticipadas pelo SNS... Então já uma pessoa não está em condições para trabalhar, já recebe menos por estar de baixa, e ainda tem de pagar a 100 por cento a porra das ecografias. Afinal descontamos para quê? Quatro ecografias a 25€ cada uma... o tanas é que eu fiz as quatro... não me nasce dinheiro nos vasos das plantas cá de casa. Tive de optar e só fazer as ecografias ao cotovelo e ombro direitos, que são a origem das minhas queixas. Entretanto, e como não são comparticipadas posso fazer as do lado esquerdo quando quiser (ou tiver oportunidade no porta moedas), pois não necessito de credenciais. Se neste meio tempo for chamada ao Centro Nacional para os Riscos Profissionais, só levo metade dos exames médicos... já para não falar, que foram as ecografias mais rápidas que já vi, por isso, até tenho dúvidas do resultado das mesmas. A médica colocou o gel no cotovelo e no ombro, encostou o aparelho num e noutro, deu uma volta e mandou-me limpar e sair, simples assim e já está. Se isto é a pagar, imagino se fosse pelo SNS... era ás secas, encosta e pode sair... e eu que só quero que as dores nos braços passem e me deixem fazer uma vida normal, e dormir descansada em vez de passar a noite às voltas para encontrar posição em que não me doam os braços e as costas. Terei de fazer fisioterapia obviamente, mas só quando puder voltar ao ortopedista, com os resultados das ecografias, e isso sabe-se lá quando vai ser... talvez quando começar a chover notas de 100€... 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Links

Outros apartamentos:

O meu lado bipolar:


Favoritos