Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A cama, perguntas de retórica...

por Elvis o Gato, em 26.10.11

 

 Ontem quando tentava dormir, fui arrancado dos braços de morfeu com as perguntas da Dona das Chaves. Um gato não pode querer dormir quentinho e abafadinho sem que ela se ponha com perguntas de retórica, cuja resposta é mais que óbvia. Mas porque raio as mulheres gostam tanto de fazer perguntas para as quais já sabem a resposta? Então perguntava-me ela, porque é que nós gatos gostamos tanto de cama? Lá começámos os dois num diálogo que foi mais ou menos isto:

D.Ch. "_Porque é que os gatos gostam tanto de cama?"

E.G. "_ Talvez pelos mesmos motivos que os humanos?"

D.Ch. "_Nós gostamos da cama, porque serve para descansar depois de um dia de trabalho, ou para partilhar com aquela pessoa..."

E.G. "_Então e nós fazemos o quê na cama? Descansamos, obviamente."

D.Ch. "_Mas os gatos, têm os sofás, os parapeitos das janelas, os móveis para onde sobem e deitam abaixo os bibelots para se deitarem, e mal têm oportunidade esgueiram-se para a cama. Quando te chamo e não apareces, sei logo que estás na cama, debaixo do edredon."

E.G. "_Experimenta dormir em cima da cómoda uma tarde inteira...Experimenta dormir a maior parte do dia, e no sofá... Vocês humanos, separam-nos das nossas mães, quando temos 2 meses, ainda somos uns gatinhos com tanto para aprender. Trazem-nos para casa, e põe-nos um caixote com areia, comida e água, e uma cesta supostamente confortável para dormirmos. Deixam-nos sozinhos durante grande parte do dia, quando mais precisamos. Depois chegam a casa, e querem festas do gatinho, abafam-nos com mimos e esperam que façamos o mesmo. Começam a levar-nos até ao sofá, e depois pegam em nós e colocam-nos em cima da cama, para experimentar se o gatinho gosta e se porta bem. Depois deste comportamento vosso, esperam o quê? Que não gostemos da cama? Claro que gostamos e muito. Adoramos o vosso edredon, as vossas mantas quentinhas, os vossos pijamas fofos."

D.Ch. "_ Quando o fazemos, não é com intenção de vos cedermos todo o espaço disponível, e vocês fazem-no, açambarcam todo o espaço, e empurram-nos borda fora."

E.G. "_Não é com intenção! Quando estás a dormir, pensas que não me empurras para a borda da cama? Porque achas que te acordo a meio da noite, para me deixares ir novamente para debaixo do edredon? Porque me empurraste, aproveitei para ir trincar qualquer coisa, e voltei para a cama. Se bem te lembras a culpa de eu gostar de cama é tua. Eu ainda era bem pequeno, nem sequer chegava lá, quando pegaste em mim e me deitaste na tua cama. Eu gostei e passei a querer lá estar mais tempo. Só que para conseguir chegar lá, tinha que me pendurar e trepar pelo edredon, mais parecia que ia escalar o Evereste sem máscara de oxigénio. Chegava cansado, mas trepava, e fui crescendo e deixei de trepar começou a ficar mais fácil saltar para cima da cama e enroscar-me debaixo do edredon. Se não estás em casa, gosto de estar lá com o espaço todo para mim. À noite, é porque gosto da tua companhia, gosto de me encostar a ti, és minha melhor amiga."

E pronto lá se deixou dormir com tanta conversa, e eu depois também dormi, mal diga-se, porque ela deve ter tido algum pesadelo, levou a noite a voltar-se para um lado e para outro e acordou meio rabugenta. Tivesse ido mais cedo para a cama, e não tivesse ficado ali, a cansar-me com perguntas de resposta óbvia, a gastar tempo de descanso, o dela, e o meu...

 

Legendas: D.Ch. - Dona das Chaves

               E.G.   - Elvis o Gato (eu)

publicado às 16:40


2 comentários

De Jorge Soares a 26.10.2011 às 22:50



Esse teu gato sabe-as todas

Jorge

De Dona das Chaves a 27.10.2011 às 17:38

O meu Gato, é o maior !

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Links

Outros apartamentos:

O meu lado bipolar: